Torre Azadi: um símbolo da cidade de Teerã e do Irã

09/01/2022


Salam amigos! Hoje vamos falar sobre um dos cartões postais da cidade de  Teerã que também pode ser considerado um símbolo de todo Irã, a magnífica Borj-e Azadi ou Torre Azadi.


Construída em 1971 por ocasião das comemorações dos 2.500 anos do Império Persa, a torre foi chamada originalmente de Shahyād que significa "memorial dos reis". Passou a chamar-se Azadi ("liberdade") a partir dos protestos que tiveram lugar em 12 de dezembro de 1978 que conduziriam à Revolução de 1979. O monumento foi projetado pelo jovem arquiteto Hossein Amanat, e construído pelo engenheiro Mohammad Pourfathi. 


A história do projeto 


Em 1967, foi realizado um concurso no qual participaram arquitetos de todo o Irã para desenhar um símbolo que representasse o país. O arquiteto Hossein Amanat de 24 anos, formado pela faculdade de Belas Artes da Universidade de Teerã venceu o concurso e seu projeto foi selecionado para a construção. Em 1972, a então nomeada torre Shahyad foi colocada em operação e foi registrada na lista de monumentos nacionais do Irã em 16 de março de 1972. 


O projeto arquitetônico combina elementos de vários períodos da história do Irã. As linhas paralelas e alongadas das fundações são uma reminiscência do estilo arquitetônico aquemênida, o arco principal entre as torres, representa o Arco Kasra do período sassânida. O arco superior, que é um arco ogival, é inspirado pela era pós-islâmica e demonstra a influência do Islã no Irã.Os padrões que preenchem o vão entre estes dois arcos, é tipicamente iraniano. 


A Torre Azadi durante sua construção e o jovem arquiteto Hossein Amanat 

Uma das maiores inspirações do arquiteto Hossein Amanat também foi o design das cúpulas das mesquitas iranianas com sua variedade técnica e diversidade impressionante.


A geometria do edifício é uma geometria quadrada retangular que gira em seu pedestal, torna-se hexagonal e, finalmente, forma uma cúpula. que só pode ser vista de dentro da torre.


No interior da torre existem dois pisos, um por cima do arco do arco principal e outro por baixo da cúpula, que pode ser acessado por elevador. O piso superior foi concebido como uma exposição que combina elementos da tradição e do modernismo. 


Na construção da torre foram usados materiais selecionados como ferro e placas de mármore branco extraídas das minas de Josheghan na província de Isfahan.  Também foram usadas pedras de granito de Hamedan na construção das portas principais, e as pedras dos pisos foram extraídas da Mina de Pérola no Curdistão. 


Hossein Amanat também usou como referência outros elementos da arquitetura iraniana, como os Badgir (torre de vento),  o Chahartagh (estrutura com quatro arcos), os jardins persas, os bazares, as mesquitas e os azulejos iranianos para multiplicar a beleza deste monumento e para ajudar os turistas a compreender melhor a cultura e civilização iraniana.


Localização e dimensões



A Torre Azadi  é uma das atrações turísticas mais famosas de Teerã, na Praça Azadi localizada no cruzamento de três rodovias e uma das principais ruas da cidade (Rodovia Shahid Lashgari a oeste, Rodovia Saeedi ao sul, Rodovia Jinnah ao norte e Rua Azadi). Devido à sua proximidade com o Aeroporto Internacional de Mehrabad, muitos turistas se deparam com este magnífico monumento assim que chegam à capital do Irã. 


A área total da praça é de 78.000 metros quadrados e a torre foi construída como um portal, com a altura de cerca de 45 metros e a largura  64 metros. Ao redor do edifício, com inspiração no jardim de Pasárgada, aquedutos, fontes de água, e canteiros de flores coloridas adornam a praça e completam o conjunto da obra. 



O que você vai ver na Torre Azadi 


Atualmente, o complexo Azadi  combina a torre e o museu subterrâneo. A exposição do museu consiste em cerca de 50 artefatos históricos, representando diferentes períodos da história do Irã.  A Torre Azadi freqüentemente se torna um local de eventos sociais e culturais, como instalações multimídia, concertos e festivais. 


Programe-se para uma hora de visita incluindo o museu para aprender mais sobre a história do Irã, passando pelas surpreendentes instalações multimídia high-tech e depois suba até o topo da torre para apreciar a vista de 360 graus da cidade de Teerã. 


À noite, flashes de luzes coloridas tomam conta da fachada da torre, e a fonte de água também é iluminada criando um espetáculo visual.



Leia também:  O dia em que eu visitei Teerã e a Torre Azadi


🚇 Onde fica: Torre Azadi, Praça Azadi, Distrito 10, Teerã (Entre as estações de metrô: Meydan-e Azadi e Ostad Moein). Horário de visitação: domingo à quinta, das 9h às 18h; sexta das 10 às 18h. 


🔎Fontes consultadas: 


📽 Agora que tal explorarmos juntos a Torre Azadi? Assista a este vídeo espetacular produzido pelo cineasta iraniano Dariush Bagheri que eu traduzi com muito carinho para vocês! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário