Reflexões e expectativas para o Chá-de-Lima da Pérsia em 2023

07/01/2023


Salam amigos da Pérsia! Sal-e no mobarak! Feliz Ano Novo! 🎆


Todo início de ano é tempo de novas promessas e reavaliações. Neste post eu gostaria de fazer uma reflexão sobre o ano de 2022 e minhas expectativas para a caminhada em 2023:


A situação atual do Irã e a vontade de desistir de tudo... 


O final de 2022 foi muito desafiador para mim, especialmente se tratando do momento atual no Irã. As notícias dos protestos e de indignação do povo iraniano, que passaram a ganhar destaque após o caso Mahsa Amini (no final de setembro) me abalaram de tal modo que fiquei várias semanas desmotivada para produzir conteúdos. 


Além disso fiquei abalada emocionalmente durante as 2 primeiras semanas de outubro em que não conseguia contato com meus amigos que moram no Irã, pois o acesso às mídias sociais como Instagram e WhatsApp foi bloqueado no país. Após algumas semanas, os stories de meus amigos iranianos que conseguiam utilizar o antifiltro, atualizando diariamente o sentimento de revolta, tristeza e desejo de mudanças. 


Os amigos seguidores perguntavam o motivo do meu sumiço, pois até então, as lives e os planos de viajar novamente para o Irã em 2022 pareciam estar a todo vapor! Cheguei a postar alguns desabafos sobre o meu desgaste emocional e breves atualizações sobre a situação no país, mas recebi comentários muitos dos quais me deixaram ainda mais desmotivada.  


Infelizmente, neste momento percebi que entre os seguidores do Chá-de-Lima da Pérsia, havia pessoas dispostas a prejudicar aqueles que pensam diferente e optam por não defender uma ideologia religiosa ou política em particular. Então, pela primeira vez, em mais de 10 anos de blog, me vi bloqueando algumas pessoas e restringindo outras em minhas mídias sociais. 


Por esse motivo, gostaria de reafirmar, a todos que ainda tem alguma dúvida, que o blog Chá-de-Lima da Pérsia em toda a sua existência, nunca defendeu nenhuma ideologia política ou religiosa e nem se valeu de notícias negativas para obter engajamento e audiência. Mas isso não significa que eu esteja indiferente ao que vem ocorrendo no Irã. 


Meu conteúdo sempre foi voltado à divulgação da arte e da  cultura milenar do Irã, e sempre procuro, na medida do possível mostrar a situação do país, através das lentes do cinema, da literatura, das artes visuais, e sempre tentei fugir da batalha midiática dos meios comunicações oficiais do Irã contra a mídia ocidental e vice-versa. Pois bem sabemos que esses meios de comunicação tem seus próprios interesses... 


Motivações para continuar


Em novembro, veio a Copa do Mundo no Catar!  E para quem me conhece, sabe que sempre fui apaixonada pela Copa e desde que comecei a escrever no blog, sempre acompanhei os passos da Seleção de futebol do Irã. Motivada pela alegria do esporte, meu ânimo para voltar a escrever no blog de repente parecia estar voltando... 

Mas até meados de novembro, a situação no Irã continuava a mesma. E a participação da Seleção do Irã foi duramente criticada no que parecia ser a "copa dos protestos". Quem acompanhou meus posts recentes aqui no blog, pôde notar que continuei a torcer pela seleção do Irã, mas o desânimo e a revolta do povo iraniano parecia ser mais contagiante... 

Aproveitei o momento para dialogar com a situação atual, através das notícias recentes do futebol, até que no final da primeira fase de grupos, pela primeira vez eu vi os meus amigos iranianos comemorando a eliminação do seu time da Copa... 

Com o Irã eliminado da Copa, voltei novamente a me sentir "sem lugar". Mas depois de um tempo de recolhimento e reflexão, tomei uma decisão... 

A decisão de ser coerente com aquilo que eu acredito

 

Quando criei o blog Chá-de-Lima da Pérsia em 2012, eu tinha um desejo: partilhar com o público brasileiro aquilo que eu descobri que a mídia convencional não mostra sobre o Irã.

E nessa história de mais de uma década de amizade com iranianos, sempre acompanhei os noticiários, mas sem me deixar alienar por tudo aquilo que eu via. O caminho que e eu encontrei foi dialogar com as pessoas comuns, para entender a realidade vivida por eles. Os protestos e a luta do povo iraniano sempre existiram e continuam a existir em 2023, mas o meu desejo é dar visibilidade a eles através daquilo que eles produzem de melhor em termos de arte e cultura.

Também através das minhas próprias pesquisas como apaixonada por culturas do Oriente Médio, encontrei uma riqueza de conteúdo incrível sobre o Irã em sites estrangeiros que nunca foi traduzida para o português. E essa foi a minha segunda decisão: através de meus próprios esforços, tornar acessível e democrático o conhecimento dessa cultura para o público brasileiro. E essa tem sido a motivação da minha vida, e o combustível ao qual recorro sempre que ideias desmotivadoras passam pela minha cabeça.


Nessa caminhada, encontrei muitos amigos e parceiros. Infelizmente, algumas pessoas passarão pela nossa vida e não continuarão. Mas, o meu foco é naqueles que acreditam no meu trabalho e sempre me dão força para continuar com mensagens de apoio, carinho e críticas construtivas no momento certo.
 

No dia 24 /01 o blog Chá-de-Lima da Pérsia comemorará 11 anos de existência! E continua sendo o único blog dedicado exclusivamente a cultura do Irā no Brasil.  Agradeço a vocês amigos da Pérsia por continuar acreditando neste nicho tão pequeno e promissor que é a a cultura do Irā.

E quais são as metas para 2023?


Vamos manter aquilo que já começamos nos anos anteriores nas mídias sociais, mas a meta é deixar o nosso conteúdo ainda mais dinâmico e interativo. Por enquanto, vou deixar alguns dos projetos amadurecerem e ao longo do ano vou compartilhando aqui com vocês! 


Se você gostaria de apoiar ou patrocinar o meu trabalho, entre em contato comigo


Um grande abraço e um ano repleto de paz, saúde e sucesso para tod@s! 


🎤Ouça também este post no formato PODCAST feito com muito carinho! Espero que gostem!

  

__________________________

        💻 Siga o blog Chá-de Lima da Pérsia nas mídias sociais: 

        Instagram | Facebook | Youtube 

       🎓 Siga também o Aprendendo Persa,  nosso projeto de divulgação da língua persa: 

        Instagram | Facebook | Youtube 


Nenhum comentário:

Postar um comentário