Iranianas também fazem Parkour

12/06/2013

Foto da comunidade Iranian Parkour Girls do Facebook
Em todo Irã, uma cena tem chamado a atenção na cena urbana. Grupos de garotas que adeririam a prática do parkour, um esporte difícil de categorizar, que consiste em  saltar de telhados, escalar paredes e usar todas as habilidades do corpo para superar qualquer tipo de obstáculo. Seria menos surpreendente, se o código de vestimenta islâmica não obrigasse as iranianas a se cobrirem da cabeça aos pés, até mesmo durante a prática de esportes, principalmente ao ar livre. 
Ao contrário dos rapazes que costumam associar o esporte a  cultura rap e rivalidade entre grupos, a prática do parkour pelas meninas surge mais com um propósito atlético, apesar dos maiores desafios que elas  enfrentam nas ruas. Enquanto os homens têm grandes torneios parkour em parques urbanos e podem falar abertamente  sobre o esporte sem nenhum impedimento por parte da polícia local, para as mulheres, o acesso às instalações esportivas e áreas públicas para  exercícios junto aos homens tem sido contestada pelo governo.
É notavel o apelo do parkour entre as mulheres iranianas e a amplitude da tendência. Estudantes de Lahijan a Shiraz, vestidas com calças e blusas largas, com bonés sobre seus práticos lenços Maghnee (que não saem da cabeça durante os movimentos mais ousados) tem aderido à prática. O mais interessante, como mostra o vídeo abaixo em Teerã, é ver que os próprios rapazes ajudam as garotas a fazerem os movimentos mais difíceis, mostrando claramente o interesse em ver suas colegas evoluírem nas habilidades do parkour


(Baseado em The Guardian)

Nenhum comentário:

Postar um comentário