Feliz Páscoa com ovos de Nowruz!

01/04/2018

No Ano Novo persa estes ovos simbolizam o surgimento da vida, algo em comum com a data de hoje? 
Salam amigos da Pérsia que celebram esta grandiosa data cristã da Ressurreição de Cristo. Alguém aí ao abrir o papel alumínio reluzente de seus  ovos de chocolate acabou se lembrando que já comeu tudo antes dessa manhã abençoada? Que pena! Mas tudo bem, quem sabe você se lembra que Páscoa é um dia de reflexão e deixa a gula um pouco de lado. Ou então faz que nem os persas e tinge uns ovinhos cozidos com as cores da natureza (como se fazia antigamente no interior) para celebrar a vida e agradecer por ter bacalhau ou sardinha toda Semana Santa na mesa!
Mas brincadeiras e ironias a parte, ninguém me tira da cabeça que a tradição dos ovos de Páscoa surgiu na Pérsia. Aí você se pergunta, quem surgiu primeiro: o Nowruz ou a Páscoa? 
Resposta: há 5000 anos, séculos antes da Pessach dos hebreus e do Cristianismo se tornar uma religião e, da  indústria alimentícia explorar a nossa paixão pelo alimento calórico mais gostoso da terra, o chocolate, os persas já celebravam a chegada da primavera e o Nowruz com ovos cozidos pintadinhos. O costume chegou à Europa só lá pelo séc. XV, mas dizem que os primitivos cristãos do oriente que estavam ali pelas adjacências da Pérsia já associavam o simbolismo do ovo à ressurreição e surgimento de uma nova vida. Porém, essa história de coelhinhos que trazem ovos, não tem nada a ver com a Pérsia mesmo (alguns dizem que remonta ao antigo Egito, outros dizem que faz parte da mitologia germânica, etc).
No Irã, só celebram a Páscoa os cristãos Armênios, Assírios, Católicos e Protestantes, ou seja, uma minoria que não chega a 1%. Mas como algumas dessas igrejas seguem diferentes calendários, a data provavelmente não coincide o dia de hoje. A saudação de Feliz Páscoa em persa é : Eid-e-Pak Mobarak!

Ressurreição de Cristo, afresco na Catedral de Jolfa em Isfahan
!عید پاک مبارک
Feliz Páscoa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário