Resumo de notícias sobre o Coronavírus no Irã

26/02/2020

Família iraniana usa máscaras de proteção em Teerã (Foto do site: G1)

Salam amigos! Infelizmente, o mês de fevereiro foi marcado pelas notícias da chegada do coronavírus ao Irã. O número de vítimas e contágios tem aumentado, escolas e universidades estão fechadas e eventos foram cancelados em todo o país. Nossos amigos no Irã dizem que estão preocupados e que suas rotinas foram afetadas, devendo evitar sair de casa e tomar medidas para se proteger. Itens básicos de proteção como luvas e máscaras estão em falta nas farmácias do país. Também não é seguro realizar viagens para o Irã no momento. 

Segue um resumo de notícias mais recentes com os links de suas respectivas fontes: 

26/02 - Irã anuncia mais quatro vítimas do coronavírus e total chega a 19
O Irã anunciou a morte de mais quatro pessoas devido ao coronavírus, o que elevou o balanço no país a 19 vítimas fatais, segundo o ministério da Saúde, ao mesmo tempo que o presidente do país acusou os Estados Unidos de espalhar o "pânico".O país também registrou 44 novos contágios nas últimas 24 horas, o que deixa o número de infectados em 139.
Muitas escolas, universidades, centros culturais e esportivos estão fechados no Irã. Vários eventos foram cancelados para permitir a limpeza de diversos locais e dos transportes públicos. Muitos países vizinhos adotaram medidas para limitar a entrada de pessoas procedentes do Irã. 
(Fonte: Correio Braziliense )
 25/02 – Aumenta a  preocupação da população no Irã com avanço do coronavírus
País é o maior foco de mortes causadas pelo Covid-19 fora da China. População critica governo pela demora na atualização das informações sobre a epidemia.
O Irã foi o primeiro país do Oriente Médio a registrar mortes provocadas pelo coronavírus. As duas primeiras vítimas fatais eram idosos, segundo as autoridades. A nacionalidade dos outros mortos ou infectados não foi divulgada, o que dá a entender que também são iranianos.
O ministro da Saúde, Said Namaki, anunciou que o tratamento da doença será gratuito. Ao menos um hospital de cada cidade se dedicará exclusivamente a atender, examinar e tratar os casos de coronavírus.
 ✯ Neste link também tem o relato da nossa amiga Catarina Komiya que vive no Irã. 
(Fonte: G1
 25/02 - O vice-ministro da Saúde iraniano, Iraj Harirsh, é um dos diagnosticados com a doença
"Ontem à noite tive febre e testes preliminares deram positivo", afirmou o vice-ministro, em vídeo. "Me isolei desde o último teste. E comecei o tratamento, acrescentou Harirsh, que na véspera havia tossido e transpirava excessivamente durante uma coletiva de imprensa.
A região de Qom, epicentro da epidemia no Irã, não foi colocada sob quarentena, mas cerimônia religiosas foram suspensas. Em outras províncias, como Teerã, ônibus e vagões de metrô foram desinfetados durante a noite. O Irã ainda busca a origem do vírus em seu território. O ministro da Saúde, Said Namaki, afirmou que um dos mortos de Qom era um comerciante que viajava com frequência à China.
O presidente iraniano, Hasan Rohani, pediu calma à população e disse que esta epidemia não é pior do que outras já enfrentadas pelo país. No exterior, o governo tem sido acusado de esconder informações sobre o surto As autoridades prometem transparência. 
(Fonte: Correio Braziliense
 23/02 - Turquia fecha fronteira com o Irã e suspende voos devido a coronavírus
A decisão de fechar a fronteira também foi adotada pelo Paquistão e Afeganistão.
A Turquia fechará sua fronteira temporariamente com o Irã como medida de precaução para impedir a possível propagação do coronavírus depois que o país vizinho notificou 43 casos da doença, disse neste domingo (23) o ministro da Saúde da Turquia, Fahrettin Koca.
Todas as rodovias e ferrovias estarão fechadas a partir das 17h do horário local (11h no Brasil) deste domingo e voos do Irã suspensos, disse ele. "Isso significa que os voos que chegam à Turquia vindos do Irã serão suspensos e os embarques em direção ao Irã estão mantidos", ressaltou. 
(Fonte: G1
Expresso minhas condolêncas  às familias das vítimas do coronovírus no Irã e no mundo inteiro. Seguimos em solidariedade ao nossos amigos que neste momento estão fazendo de tudo  para se proteger do contágio nos locais afetados e que aqui no Brasil, também possamos estar todos em segurança enquanto aguardamos notícias melhores. 

Se você também tem notícias de amigos e parentes no no Irã, compartilhe nos comentários! 

2 comentários:

  1. Tenho uma grande amiga iraniana e ela me confirmou tudo isso. Ela é professora de inglês e praticamente está tendo que ficar trancada dentro de casa. No início ela não estava tão preocupada e nem sabia sabia da existência do vírus ( como sou da área da saúde, fui o primeiro a comentar com ela ).

    A situação se agrava pelo fato do país em sí esconder muita coisa. A semana passada, por exemplo, foi dia de votação e a mesma não foi adiada (mesmo com pessoas doentes e morrendo), além deles obrigarem que todos comparecessem. O próprio governo iraniano tem sua parcela de culpa, infelizmente.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente ja chegou no Brasil tambem...

    ResponderExcluir