3 Obras da Literatura Persa Publicadas no Brasil

10/02/2022

Livros de literatura persa publicados no Brasil

Salam amigos! A literatura persa, embora pouco divulgada no Brasil, há um bom tempo tem conquistado muita gente em nosso país. 

Felizmente, encontramos algumas traduções dos poemas de Rumi em português, que divulgamos com muito prazer aqui no blog. Mas, para aqueles que desejam ir além nessa busca literária, encontrar títulos de outros poetas persas nas livrarias brasileiras tem sido um grande desafio. 

Afim de incentivar a divulgação da literatura persa no Brasil, no post de hoje, indico alguns dos títulos de poetas como Saadi de Shiraz, Omar Khayyam e Fariduddin Attar, que foram traduzidos para o nosso idioma e podem ser encontrados no site da Amazon. 

RUBAIYÁT

Omar Khayyam
(Editora Top Books)


Nascido em 1040 em Nichapur, na Pérsia, mesma cidade em que morreu em 1120, o poeta Omar Ibn Ibrahim El Khayyam foi, também, astrônomo e matemático. Rubaiyát, plural da palavra rubai, significa quadras, ou quartetos, nos quais o primeiro, o segundo e o quarto versos são rimados e o terceiro é branco. Muita gente, no Brasil e no mundo, traduziu esses versos de Khayyam, mas a Edição que agora a Topbooks põe nas livrarias é resultado de um longo, dedicado e minucioso trabalho do tradutor João Baptista de Mello e Souza (1888-1969), que finalizou sua árdua tarefa em 1959 mas não pôde vê-la publicada.

GULISTAN: O JARDIM DAS ROSAS 

Saadi de Shiraz
(Editora Attar)


"O Gulistan", ou O Jardim das Rosas, de Saadi, é uma coletânea em verso e prosa, impregnada dos elementos mais profundos da filosofia sufi. Compreender Saadi é compreender o sufismo - embora esta afirmação seja exageradamente simplificada, dado que, apesar de "O Gulistan" ser lido em todo lugar em que se fala persa, milhares de leitores não chegam a apreender o sentido profundo da obra, a menos que seu estágio particular de desenvolvimento o permita. Cada leitura do texto aumenta nossa compreensão dos preceitos fundamentais do Amor Sufi, que desempenhou papel fundamental na civilização oriental. Esta tradução baseia-se numa versão manuscrita do Gulistan,  de Tabriz datada de 1380 d.C., por Mirza Muhammed Qasim Sarmouni, pertencente à coleção privada de Sua Eminência o Sheikh ul Mashaikh.

A LINGUAGEM DOS PÁSSAROS

Farid ud-Din Attar
(Editora Attar)


Basicamente o sufismo é uma tradição oral. A transmissão de seus ensinamentos se dá através de lendas, histórias, parábolas. A Linguagem dos Pássaros, grande poema místico escrito na Pérsia do século XII por Farid ud-Din Attar, é uma dessas narrativas alegóricas que contém a essência do pensamento sufi. E das maiores e mais importantes. Verdadeiro clássico da literatura mundial com ressonância na obra de escritores ocidentais do peso de Chaucer, Milton, Dante, Borges.


💳 Clique nos links  para comprar pela Amazon (o blog Chá-de-Lima da Pérsia recebe uma porcentagem das vendas pelos links neste post).

Se você conhece mais algum livro de literatura persa ou se já tem algum desses livros escreva sua avaliação nos comentários! 

Havendo notícias de novas publicações, esta página será atualizada!



Nenhum comentário:

Postar um comentário