Linkagens: Surpreendente vitória no segundo jogo do Irã na Copa

25/11/2022



Salam amigos, hoje trago o resumo de notícias sobre  a segunda partida do Irã na Copa do Mundo do Qatar, que aconteceu nesta sexta, 25/11. Em um momento turbulento de sua história e com uma torcida ainda dividida entre os protestos e o apoio, a seleção iraniana teve sem dúvida uma vitória surpreendente e contra todas as probabilidades com dois gols nos minutos finais!

📰 Notícias publicadas em 21/11/22

Irã domina o jogo e vence País de Gales nos acréscimos


Seleção do Irã comemora vitória sobre País de Gales na Copa do Mundo do Catar (Crédito: REUTERS/Hannah Mckay)

Irã e País de Gales abriram nesta sexta (25) a segunda rodada da Copa do Mundo do Qatar com um jogo pra lá de emocionante. Depois de levar uma goleada de 6 a 2 para a Inglaterra na estreia, o time iraniano reagiu, dominou a equipe galesa durante quase todo jogo e, já nos acréscimos, com um jogador a mais em campo, conseguiu dois gols para vencer a partida por 2 a 0, marcados por Rozbeh Cheshmi e Ramin Rezaeian.

Com a vitória, o Irã vai a 3 pontos e assume o 2º lugar do grupo, liderado pela Inglaterra, que soma os mesmos três e fica à frente pelo saldo de gols. Os Estados Unidos estão em 3º, com um ponto, enquanto País de Gales assume a lanterna da chave, também com um, mas com saldo menor.

Gol do Irã anulado, bolas na trave e cartão vermelho para Gales...

Ali Gholizadeh quase abriu o placar para o Irã  (Imagem: Maddie Meyer - FIFA via Getty Images)

Com a torcida iraniana apoiando mais do que na estreia, por pouco o time não abriu o placar com o gol marcado por Gholizadeh, que acabou anulado pelo VAR e o placar seguiu 0 a 0. No segundo tempo, o Irã mais uma vez ficou muito perto de fazer 1 a 0, com Sardar Azmoun e Ali Gholizadeh acertando na trave...


Em um contra-ataque de perigo, o Irã o goleiro galês Henessey abandonou a sua área para cortar lançamento e fez falta dura, acertando o joelho no rosto do adversário Taremi. Inicialmente, o árbitro mostrou só amarelo, mas, após recomendação do VAR e revisão do lance no monitor de vídeo, aplicou o vermelho.


Enfim, gol em dose dupla! 

Rezaeian (camisa 15) marcou o segundo gol de Irã | Foto: Anne-Christine POUJOULAT / AFP


Com um jogador a mais, o Irã, depois de muito insistir, já nos acréscimos, enfim foi premiado com um gol marcado por Rozbeh Cheshmi aos 53min e dois minutos depois, por Ramin Rezaeian! 


Fonte: Uol 


Técnico Carlos Queiroz se emociona com vitória do Irã e elogia jogadores 

Jogadores carregam o técnico Queiroz em comemoração à vitoria (Crédito: Getty Images) 

A sensacional vitória do Irã sobre País de Gales, por 2 a 0, nesta sexta-feira, em Al Rayyan, pela segunda rodada do Grupo B da Copa do Mundo do Catar, deixou emocionado o técnico Carlos Queiroz, que expôs toda sua satisfação com o resultado na entrevista após o jogo.


"Não tenho palavras para mostrar minha gratidão. Eles (jogadores) vinham de uma situação muito difícil, mas hoje só pensaram em futebol. Jogaram sem medo e fizeram o que sabem. Não mudei nada. Foram só os jogadores", disse o treinador português, referindo-se ao fato de o time ter perdido por goleada por 6 a 2 para a Inglaterra e o momento conturbado pelo qual passa o país.

"Nós merecemos a vitória. Meus meninos foram brilhantes", disse o treinador português, Queiroz, de 69 anos, que também ofereceu esta vitória para o povo iraniano. "Também sou grato aos fãs que nos apoiaram. Eles também merecem esta vitória. Nós queríamos dar alegria, felicidade e orgulho a eles. No outro dia não pudemos vencer, mas desta vez fechamos a ferida da partida contra a Inglaterra."


Fonte: Terra


Jogadores do Irã cantam hino, e torcida se mistura entre vaias e emoção


Jogadores do Irã, durante o hino nacional, em partida contra País de Gales (Foto: REUTERS/Marko Djurica)

Ao contrário da estreia, contra a Inglaterra, os jogadores do Irã cantaram, ainda que de forma tímida, o hino nacional do país na partida contra o País de Gales, nesta sexta-feira. Parte da torcida, no entanto, vaiou com força no momento, em ato de apoio aos protestos que acontecem no país desde setembro. Na primeira rodada, a seleção iraniana permaneceu em silêncio na execução do hino, e o ato foi visto como uma posição favorável à revolução que ocorre no país. 


Alguns iranianos se emocionaram, especialmente as mulheres, que são o ponto central dos protestos na nação e são proibidas de ir aos estádios no país. Com a bola rolando, a torcida do Irã se uniu no apoio ao país e canta com força o nome da seleção. Na torcida do Irã no estádio foi possível ver mulheres que exibiam mensagens como “Libertem o Irã” e “Vidas femininas importam”. Alguns torcedores tiveram itens confiscados pela guarda do estádio. 


Fonte: GE


Seleção do Irã deixa recado carinhoso no vestiário: "Até o próximo jogo"


Mensagem da seleção iraniana no vestiário — Foto: Digulgação/ Iran National Team

A seleção do Irã deixou um recado carinhoso no vestiário após sua vitória por 2 a 0 no País de Gales. Em um quadro branco, o time iraniano agradeceu a todos os envolvidos na partida e disse: "até o próximo jogo".

O agradecimento foi direcionado a "todos". De acordo com a assessoria oficial da seleção iraniana, o recado é para "os torcedores do Irã, os torcedores galeses, times e comissões técnicas e todos os que estão envolvidos neste evento grandioso".

Ao final do jogo, o time do Irã foi aplaudido pela torcida de Gales. O gesto foi celebrado pela delegação iraniana, que compartilhou o momento em suas redes sociais.

Fonte: GE 

Jogador Voria Ghafouri preso no Irã após protesto da seleção na Copa do Mundo


Jogador iraniano Voria Ghafouri (Crédito: AFP) 

O jogo acontece um dia após mais um capítulo da triste história que vem sendo escrita no Irã. A polícia do Irã prendeu nesta quinta-feira, 24, um dos jogadores de futebol mais famosos do país, acusando-o de espalhar propaganda contra a república islâmica e tentar minar a seleção nacional da Copa do Mundo. 


Voria Ghafouri, ex-capitão do clube Teerã Esteghlal, é um ativo defensor da minoria curda iraniana, e  já havia sido detido anteriormente por criticar o ex-ministro das Relações Exteriores do Irã. O jogador de 35 anos fez parte da seleção do Irã na Copa do Mundo de 2018, mas não foi incluído na escalação final da edição deste ano no Catar. 


Recentemente, Ghafouri postou uma foto no Instagram vestindo roupas tradicionais curdas nas montanhas do Curdistão, e também visitou feridos nos protestos que varrem o país desde a morte de Mahsa Amini. Em anos anteriores, o jogador também protestou contra a proibição de mulheres iranianas entrarem nos estádios. 


Fonte: Veja


Você sabia? 

Irã e país de Gales se enfrentaram antes uma única vez em um amistoso em 1978. Na ocasião, País de Gales venceu o Irã por  1 a 0. 

É a primeira vez que o Irã vence um time europeu em toda sua história nas Copas. 


 PRÓXIMO JOGO DO IRÃ NA COPA  



A última rodada do Grupo B da Copa do Mundo está marcada para a próxima terça-feira, dia 29. Com os dois jogos acontecendo ao mesmo tempo, às 16h (horário de Brasília) País de Gales e Inglaterra se enfrentam no Al Rayyan, enquanto Irã e Estados Unidos jogam no Al Thumama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário